DestaqueEconomiaJustiçaNotíciasPolíciaPolítica

Twitter e Facebook dizem ao TSE que Bolsonaro não contratou impulsionamento de conteúdo

O Twitter encaminhou nesta segunda-feira (12/11) ofício ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afirmando que os perfis do presidente eleito, Jair Messias Bolsonaro, e de seu partido, o Partido Social Liberal – PSL, não contrataram serviço de disseminação de suas mensagens na plataforma, o chamado impulsionamento de conteúdo.

A empresa diz não permitir anúncios de campanha eleitoral no Brasil

Ver mais

Jonas Mello

Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar