DestaqueEconomiaInternacionalJustiçaNotíciasPolíciaPolítica

PGR quer prisão de Collor e multa de R$ 60 milhões

Resultado de imagem para Raquel Dodge e Fernando Collor

Em alegações finais, Raquel Dodge pediu quinta-feira (25/04), ao Supremo Tribunal Federal – STF a aplicação das penas de prisão e perda de mandato ao senador Fernando Collor, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A Procuradora Geral da República também pede a aplicação de multa e o pagamento de indenização por danos morais e materiais no total de R$ 59,9 milhões, o equivalente ao montante cobrado a título de propina.
Figuram ainda como réus na ação penal Pedro Paulo Bergamaschi e Luis Pereira Duarte de Amorim. A denúncia narra que, entre 2010 e 2014, uma organização criminosa instalou-se nas diretorias da BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras, com o propósito de praticar diversos crimes contra a administração pública, liderada pelo PTB – ao qual Collor era filiado. Responsável pela indicação da cúpula da BR Distribuidora, Collor cometeu por 30 vezes o crime de corrupção passiva e por 369 o de lavagem de dinheiro – segundo a PGR.

Jonas Mello

Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Pular para a barra de ferramentas