DestaqueEconomiaIndústria e ComércioInternacionalJustiçaNotíciasPolíciaPolíticaTurismo

Paulo Guedes defende reforma da Previdência e projeto para independência do Banco Central do Brasil

Pouco antes de entrar na casa do empresário Paulo Marinho, no Rio de Janeiro, onde se reuniu com Jair Messias Bolsonaro, Paulo Guedes defendeu a aprovação da proposta de reforma da Previdência que está no Congresso Nacional ainda este ano, sem deixar de ressaltar que novas reformas serão necessárias no próximo governo, registra O Globo. “Vamos criar uma nova Previdência com regime de capitalização, mas existe uma Previdência antiga que está aí. Então, além do novo regime trabalhista e previdenciário que devemos criar para as futuras gerações, temos que consertar essa que está aí”.
 
O futuro ministro da Fazenda também disse que mandará um projeto para dar independência ao Banco Central do Brasil e que, portanto, a atual transição de governo será a última em que haverá incerteza sobre o comando da autoridade monetária. “Daqui para a frente, como vamos aprovar a independência do Banco Central, saberemos que essa fonte de incerteza [o comando do BC] será eliminada. Essa é a ultima transição que tem essa incerteza”. Guedes destacou que a independência será aprovada em projeto de lei. “A essência desse projeto são mandatos não coincidentes”, afirmou o economista, que ainda elogiou o atual presidente do BC, Ilan Goldfajn, mas disse que um convite para sua permanência no cargo ainda não foi feito.

Jonas Mello

Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar