DestaqueEsportesInternacionalNotíciasSaúdeSaúde e Boa FormaTurismo

Papa Francisco diz que doping é ‘falta de respeito com si mesmo e com os rivais’

Foto: Imagem do Google –
O Papa Francisco lamentou que existam esportistas que façam uso de doping para melhora de desempenho. Neste sábado (09/03), o pontífice recebeu a visita no Vaticano de uma delegação da União Ciclística Internacional (UCI), representante de uma modalidade que enfrentou escândalos recentes de atletas flagrados com substâncias proibidas. De acordo com Francisco, o uso de doping é “desonesto, uma falta de respeito com si mesmo e com os adversários”.
O papa aproveitou para exaltar os ciclistas que são exemplo de “integridade e coerência, por darem o melhor quando competem em cima de uma bicicleta“. “Os atletas têm uma extraordinária oportunidade de transmitir a todos, especialmente aos jovens, os valores positivos da vida e o desejo de empregá-la em metas elevadas e nobres. Isto faz-nos compreender a importância de se viver a serviço do crescimento da atividade desportiva e da realização integral da pessoa”, afirmou.
De acordo com Francisco, o ciclismo é um esporte em que são empregadas virtudes como a resistência à fadiga, a coragem, a integridade, o respeito às regras, o altruísmo e o senso de equipe. Nascido em Buenos Aires, Papa Francesco I – Jorge Mario Bergoglio, nome de batismo do papa argentino, é torcedor declarado do San Lorenzo, clube do qual já foi sócio.

Jonas Mello

Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar