Connect with us

Jornal de Leste a Oeste

Jornal de Leste a Oeste

Confira as principais informações

Autor da Ficha Limpa critica foro privilegiado e vê Lula fora da eleição

O ex-juiz Márlon Reis, um dos autores da Lei da Ficha Limpa, resolveu se lançar na política. Filiado à Rede e pré-candidato ao governo do Tocantins, o advogado e jurista se diz contra o foro privilegiado para cargos como o que pretende ocupar e declara não temer o risco de ele mesmo se tornar um político ficha-suja no futuro. Ele diz ver pouca chance de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conseguir disputar a eleição deste ano.  

Floresta vence Ferroviário no PV e aumenta chances de Clássico-Rei nas semifinais

O Floresta Esporte Clube voltou à liderança do Campeonato Cearense neste domingo (18/03). O time da Vila Manoel Sátiro bateu o Ferroviário Atlético Clube com facilidade por 3 a 0 no estádio Presidente Vargas, jogo válido pela 1ª rodada do Estadual – duelo atrasado por conta da participação do Peixe na Copa do Brasil – e dificultou as chances do Tubarão da Barra de se classificar às semifinais do torneio. A primeira etapa de partida foi marcada pela grande quantidade de gols desperdiçadas, tanto para o Ferrão quanto para o Verdão da Vila. No segundo tempo, as oportunidades continuaram aparecendo, mas o Floresta aproveitou melhor as chances que teve e venceu o duelo com os gols de Wallace, Paulo Vyctor e Edson Cariús. Com o triunfo do Verdão da Vila voltou à primeira colocação do certame com 10 pontos conquistados, aumentando as chances de ocorrer um Clássico-Rei já na próxima fase do Cearense. Se vencer ou empatar com o Ceará – atual vice-líder do Estadual com 8 pontos – na próxima quinta-feira (22/03), haverá nas semifinais o confronto entre os dois maiores times do Estado. Já o Ferroviário Atlético Clube, penúltimo colocado com 2 pontos, precisa vencer o Fortaleza Sporting Club no Clássico das Cores, jogo marcado para esta quinta-feira (22/03), e torcer para um empate no duelo entre Associação Desportiva Iguatu e Uniclinic Atlético Clube. Caso haja um vencedor, o Ferrão precisará ter saldo de gols melhor do que o rival.

Delegado teme interferência do governo na PF

A Polícia Federal – PF, antes vinculada ao Ministério da Justiça, hoje está atrelada ao recém-criado Ministério da Segurança Pública, o que causa preocupação no delegado Edvandir Felix de Paiva. O presidente da ADPF – Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal disse à Folha de S.Paulo: “A PF é um órgão com vocação para fazer investigações de corrupção, de crimes de colarinho branco, das grandes organizações criminosas. Então a gente fica com a preocupação que esse orçamento da Polícia Federal – PF seja direcionado só para as situações mais ligadas à segurança pública e o lado do combate à corrupção e ao crime de colarinho branco fique esquecido”. E mais: “O ministro Carlos Marun deu uma declaração dizendo que o problema da segurança pública no Brasil é que o Ministério Público e a Polícia Federal – PF tinham ido correr atrás de corrupção em vez de correr atrás de bandidos. Essa é uma declaração muito grave, que nos preocupa muito”. E ainda: “Juntando os sinais que recebemos, a gente está percebendo que pode ocorrer [um direcionamento do trabalho]. Não estou dizendo que o ministro Raul Jungmann vá fazer isso. O que me preocupa é ele poder fazer isso e os sinais que o governo vem emitindo”.

Os 9 ministros prestes a deixar o cargo

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil O G1 listou os nomes dos nove ministros que, segundo suas assessorias, planejam deixar os cargos até 07 de abril, prazo final para aqueles que vão se candidatar na eleição de outubro: – Marx Beltrão (MDB/AL): Ministério do Turismo – Ricardo Barros (PP/PR): Ministério da Saúde – Sarney Filho (PV/MA): Ministério do Meio Ambiente – Fernando Coelho Filho (sem partido-PE): Ministério de Minas e Energia – Maurício Quintella Lessa (PR/AL): Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil – Leonardo Picciani (MDB/RJ): Ministério do Esporte do Brasil – Osmar Terra (MDB/RS): Ministério do Desenvolvimento Social – Mendonça Filho (DEM/PE): Ministério da Educação – MEC – Helder Barbalho (MDB/PA): Ministério da Integração Nacional Ainda estão em dúvida, segundo as assessorias: – Henrique Meirelles (PSD/SP): Fazenda – Gilberto Kassab (PSD-SP): Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações Decidiram ficar no governo: – Eliseu Padilha (MDB/RS): Casa Civil – Moreira Franco (MDB/RJ): Secretaria-Geral – Carlos Marun (MDB/MS): Secretaria de Governo* – Raul Jungmann (PPS/PE): Ministério da Segurança Pública –Blairo Maggi (PP/MT): Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Não responderam: – Alexandre Baldy (PP/GO): Ministério das Cidades – Aloysio Nunes Ferreira (PSDB/SP): Ministério das Relações Exteriores * Lembrando que Carlos Marun avaliava deixar a pasta para se candidatar, mas Michel Temer pediu que ele ficasse até o fim do ano de 2018.

O efeito dominó da crise da JBS

Em crise desde a delação dos irmãos Batista, a JBS passa por uma reestruturação que repercute na vida de milhares de pessoas. O fechamento de uma unidade de abate de frango da JBS em Morro Grande (SC) – onde a empresa era a maior em atividade e contribuía com mais de 87% do PIB – abalou a economia da cidade de 2.915 habitantes, causou impacto em municípios da região e tem levado à população a sensação de incerteza quanto ao futuro, segundo a Folha de S.Paulo.

Pepita de ouro de R$ 112 mil achada em buraco de tatu

A descoberta há menos de duas semanas de uma pepita de ouro com 804 gramas de peso, avaliada em R$ 112.584,12, gerou um clima de apreensão nos moradores de Santaluz, cidade de 38 mil habitantes, no Nordeste baiano. Segundo informações obtidas pela Agencia Nacional de Mineração (ANM), a pepita foi encontrada numa área de pesquisa mineral por um caçador, ao quebrar uma pedra na beira de um buraco onde estava escondido um tatu.  

Toffoli vai liberar ação de restrição ao foro privilegiado

O ministro José Antônio Dias Toffoli vai liberar para a pauta do plenário a ação que restringe o alcance do foro privilegiado logo depois do feriado da Semana Santa, informa o Painel da Folha de S.Paulo. “Toffoli pediu vista da ação em novembro, quando o seu julgamento estava quase concluído. A sessão foi interrompida com placar de 8 votos a 0 a favor de restrições ao foro para deputados federais e senadores”.

Ministério vai revogar regra que exigia curso para renovar CNH

O Ministério das Cidades anunciou no sábado (17/03) que será revogada a resolução que tornava obrigatória a realização e aprovação em Curso de Aperfeiçoamento para motoristas renovarem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Por meio de nota, a pasta informou que a revogação se dará para “não afetar a rotina dos condutores que precisam renovar suas carteiras de habilitação/CNHs por todo o Brasil”. O ministério informa ainda que a revogação vai reduzir custos. “Esta ação acontece em conformidade com os objetivos do Governo Federal, de reduzir custos e facilitar a vida do brasileiro”.

“Exército sabe que metade do governo está presa e a outra arrumando mala para a cadeia”

Na entrevista com Fernando Gabeira, a BBC Brasil também afirmou que a ofensiva do governo federal em tomar para si o tema da segurança pública neste momento, em ano eleitoral, e sem um planejamento concreto, foi vista por muitos como oportunismo político. Ele comentou: “Pode até ser. Mas o Exército Brasileiro sabe, e todos sabem, que metade do governo já está presa, e a outra metade está arrumando a mala para ir para a cadeia”, disse.

Temer quer disputar reeleição

As circunstâncias políticas podem até fazer Michel Temer mudar de ideia, mas, hoje, sua disposição é de ser, sim, candidato à reeleição, informa o Estadão. “Já comunicou a vários interlocutores diretos e começou a discutir como fará esse movimento. Existe possibilidade de chapa pura do MDB Nacional, e o convite para filiação de Henrique Meirelles já foi feito. Temer não quer apenas defender o que considera legado de seu governo, tirando a economia da UTI. Ele quer proteger também sua reputação. Em vez de esperar que aliados o protejam, decidiu ele mesmo rebater as acusações e críticas que tem recebido e considera injustas”.

Plenário pode votar projeto que cria o Sistema Único de Segurança Pública

O projeto de lei que cria o Sistema Único de Segurança Pública – SUSP é o destaque do Plenário da Câmara dos Deputados a partir de terça-feira (20/03). A proposta (PL 3734/2012) disciplina a forma de integração de dados e ações estratégicas entre os órgãos de segurança pública. O presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB/CE), vai se empenhar fortemente para que o projeto seja também aprovado no Senado Federal e vai a sansão do presidente Michel Temer com o máximo de urgência.

Municípios recebem R$ 508 milhões do segundo FPM de março

Os cofres municipais receberão a partilha de R$ 508 milhões referente ao segundo repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de março. Pelas estimativas da Confederação Nacional de Municípios (CNM), o montante transferido na próxima terça-feira (20/03), considera a retenção constitucional do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb). Sem o desconto, o valor chega a R$ 635 milhões. No mesmo período do ano passado, em valores brutos, a transferência para os Municípios foi de R$ 598 milhões e os dois repasses do mês somavam R$ 2,9 bilhões. Com isso, a CNM indica que este decêndio está 6,02% maior e o Fundo de março de 2017 soma R$ 3,6 bilhões, um crescimento de 21,44%, em relação ao ano anterior.

Lula admite: poderá ser 1º preso político no século 21

À espera de decisão sobre seu recurso na segunda instância da Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou na noite de sexta-feira (16/03) que, se mantida a condenação, será “o primeiro preso político do país no século 21”. Em discurso ao lado de aliados políticos e apoiadores no sindicato dos químicos em São Paulo, Lula atacou a Lava Jato e disse que está animado, apesar de condenado pelo TRF4 – Tribunal Regional Federal da 4ª Região a 12 anos e um mês de prisão. Segundo ele, o objetivo da operação é “execrar e condenar as pessoas antes do julgamento”. “Eu tenho consciência de que os que me condenaram não têm a consciência tranquila da inocência, que eu tenho, porque eles acham que mentiram”, afirmou, antes de criticar imprensa, Ministério Público Federal – MPF e a Justiça pelo processo do tríplex em Guarujá (SP).

General: crime aumenta importância da intervenção

O comandante do Exército Brasileiro, General Eduardo Villas Boas, afirmou na sexta-feira (16/03), que o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL 50/RJ), há dois dias, reforça a necessidade da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. “O assassinato aumenta a importância da intervenção”, disse Villas Boas, ao ser questionado pela Folha de S.Paulo sobre o impacto do crime na intervenção, durante evento militar em Manaus.

Lula animadão

Enquanto o ministro Luiz Edson Fachin nega mais um pedido de seus advogados para tentar evitar sua prisão, Lula, cercado dos suspeitos de sempre, discursa no lançamento de seu livro em São Paulo. “Por que um cara que foi condenado a mais de 12 anos de prisão continua animado? Continua querendo ser candidato? Porque eu tenho a consciência de que sou inocente. E de que eles mentiram”, disse o condenado animadão. E acrescentou: “Se eles ousarem mandar me prender, estarão cometendo uma barbárie jurídica. E me tornarei preso político”. Como já se disse inúmeras vezes, Lula – que não está acima da lei – será um político preso, e não um “preso político“.  

Publicidade

Nossas Redes Sociais

Jornal de Leste a Oeste editado em 08 de outubro de 2018

Facebook

Mais Lidas





To Top