DestaqueJustiçaNotíciasPolíciaPolítica

Lava Jato defende que indulto natalino não beneficie corruptos

Depois do alerta de O Antagonista sobre a reunião de amanhã que tratará do indulto natalino, a Lava Jato resolveu encaminhar um ofício ao Conselho Nacional de Política Penitenciária e Criminal (CNPCP). No documento, o Ministério Público Federal – MPF no Paraná pede que o benefício não se estenda a crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

“O indulto é o perdão das penas de criminosos e, caso mantidos no futuro os critérios do último decreto (nº 8.940/2016), diversos réus condenados por crimes gravíssimos na operação Lava Jato cumprirão penas irrisórias ou serão beneficiados com a extinção da punibilidade”. Para os procuradores da Lava Jato, o indulto, somado a outras restrições legais já existentes, “tornaria a corrupção um crime de baixíssimo risco“.

Jonas Mello

Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar