DestaqueJustiçaNotíciasPolíciaPolítica

Hospital Albert Einstein vai processar ator Zé de Abreu

O ator Zé de Abreu, conhecido por seu petismo sem limites, será processado pelo Hospital Israelita Albert Einstein por difamação. Assim que o presidente da República do Brasil Jair Messias Bolsonaro fez a posse, o ator da Rede Globo publicou em seu Twitter:
“Teremos um governo repressor, cuja eleição foi decidida numa facada elaborada pelo Mossad, com apoio do hospital Albert Einstein, comprovada pela vinda do PM israelense, o fascista matador e corrupto Bibi. A união entre a igreja evangélica e o governo israelense vai dar merda”.
O tweet foi deletado mais tarde, mas a Nossa Senhora dos Prints não perdoa e a publicação logo viralizou na internet.

Além de virar piada, Zé de Abreu também terá problemas na Justiça.

Segundo a Veja, o Hospital Israelita Albert Einstein irá entrar com queixa-crime esta semana, além de propor também uma ação civil de reparação de dano moral. Se ganharem, irão destinar o dinheiro para obras beneficentes.

E agora, José?

Jonas Mello

Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar