DestaqueJustiçaNotíciasPolíciaPolítica

Fim do PT

Se Jair Messias Bolsonaro mantiver o assistencialismo no Nordeste, o PT desaparece em menos de quatro anos.
“O eleitorado nordestino foi responsável por 46% dos votos dados a Fernando Haddad no dia 07. O peso da região é o mais alto do ciclo iniciado com a primeira eleição de Lula, há 16 anos (…). Com Lula fora de cena, o PT – Partido dos Trabalhadores pode se ver obrigado a recuar para reforçar suas trincheiras. O futuro do partido dependerá do desempenho do próximo governo e, principalmente, da economia”.

Jonas Mello

Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar