DestaqueJustiçaNotíciasPolítica

Cuia na mão: voou dinheiro do partido de Bolsonaro

Candidatos a governador do Partido Social Liberal – PSL reclamam que a sigla até agora não repassou e eles o dinheiro do fundo eleitoral. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já liberou os R$ 9,2 milhões a que o partido de Jair Messias Bolsonaro tem direito. Do total, R$ 3 milhões seriam destinados à campanha do presidenciável, mas ele se recusa a usar o montante. Os outros R$ 6 milhões deveriam ser divididos entre candidatos a deputado, senador e governador, mas até agora nada.

Jonas Mello

Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar